top of page

Epicentro cultural do Rio Grande do Sul



Referência histórica no processo de industrialização do Brasil, a Usina do Gasómetro, que servia para gerar energia eléctrica, é hoje um importante foco cultural com espaços para exposições e eventos. Já que está ao pé do Guaíba, aproveite para ver, nos armazéns do Cais do Porto, até 15 de Novembro, a oitava* edição da Bienal do Mercosul – “Encontros de Geopoética”. A mostra, que invadiu outros pontos da cidade, tem o apoio do grupo Gerdau, grande fomentador das artes gaúchas. Vale a pena descobrir recantos da urbe, através do módulo da bienal “Cidade não Vista”. Se nos jardins do Palácio Piratini a instalação de altofalantes canta os hinos do Brasil, Chile, Argentina, Paraguai e Uruguai, na Casa Cultural Mário Quintana, uma outra instalação pede silêncio através de vários “chiuuuuuu”, audíveis em todos os pisos do edifício. Ainda na Casa de Cultura, situada no antigo Hotel Majestic – onde Quintana viveu até 1980 –, não deixe de ver o Quarto do Poeta, uma reconstituição fiel dos objectos que o rodeavam. No mesmo corredor visite o Memorial Elis Regina, com fotos que gritam “Elis está viva”, sem esquecer a discografia da cantora. A um passo dali fica o Santander Cultural**, antiga sede do Banco Nacional do Comércio, que é hoje uma área de mostras, cinema e música. O edifício em si é uma obra de arte, reunindo elementos do neoclássico ao barroco-rococó. A jóia da cidade é, no entanto, o Teatro São Pedro, dirigido por Eva Sopher cuja dedicação mantém o edifício – de 1858 – em condições excepcionais***. Não contente com isso, esta senhora inigualável está a construir o Multipalco, espaço único no país destinado a receber uma série de atividades artísticas. Não admira que “quando Baden Powel atuou aqui tenha dado uma paradinha e dito: “que astral maravilhoso”. Desde 28 de Outubro pode contar com mais uma edição da Feira do Livro, evento que decorre até 15 de Novembro e que é considerado património imaterial de Porto Alegre. Todas as terças-feiras o Bar Ocidente proporciona o Sarau Elétrico, encontro literário em que participam os intelectuais da cidade e onde tudo gira à volta de um tema.

*Em 2022, tivemos até 20 de novembro a 13ª. edição.

**Hoje, 2022, seu nome é FAROL SANTANDER.

Hoje, 2022, está sob direção do professor Antônio Hohlfeld, com nova pntura, reforma de todo o sistema de ar condicionado, sendo previstas as finalizações de obras do novo prédio até março de 2023.


Cisne branco

Bienal

Casa de Cultura Mário Quintana

Santander Cultural

Teatro São Pedro

Feira do Livro

Sarau Eléctrico

1 visualização0 comentário
bottom of page